Você pode fazer a diferença!

Home » Histórias de Transplantados » A IMPORTÂNCIA DOS EXERCÍCIOS FÍSICOS NA MINHA VIDA – Por Liège Gautério

A IMPORTÂNCIA DOS EXERCÍCIOS FÍSICOS NA MINHA VIDA – Por Liège Gautério

Iniciei a realizar atividades físicas a partir do 5 anos com o ballet clássico. De lá pra cá nunca parei…fiz natação, musculação, atletismo, street dance, enfim de tudo um pouco.

Só parei quando a fibrose pulmonar me parou, mas mesmo assim fiz o máximo que pude, indo de concentrador de O2 para a academia fazer minha musculação.

Acredito que esse meu preparo de uma vida inteira de exercícios foi de fundamental importância para o sucesso do meu transplante ( sou tx unilateral de pulmão há 5 anos). Precisamos cuidar do nosso corpo, pois nunca sabemos quando precisaremos enfrentar uma batalha. E quanto mais fortes estivermos, maiores serão as chances de vitória.

Sou educadora física e tento ao máximo incentivar a prática de exercícios dentre os transplantados. O exercício proporciona inúmeros benefícios como prevenção de diabetes, auxílio no controle da pressão arterial, prevenção de osteoporose, entre tantos outros.

Somos imunossuprimidos e os exercícios praticados de forma moderada aumentam nossa imunidade nos auxiliando. Isso já foi comprovado por vários estudos!!

 

Infelizmente ainda não há um protocolo específico para orientar os exercícios dentre o público transplantado e espero que sejam feitos mais estudos para que possamos praticar nossas atividades com maior segurança. Penso, inclusive, que essa  falta de  orientação específica contribua para que os tx não se exercitem na medida em que não sabem até que ponto podem ir.

A mensagem que posso deixar é a de que procurem um profissional da área da educação física e iniciem com algo que vocês sentem que podem fazer. O importante é a frequência da realização dos exercícios, criar hábitos, inserir o exercício no dia a dia… 30 minutos por dia já está ótimo!

O que conta é não ficar parado!! Nosso corpo foi feito para se mexer!!

Bora família TX!!!!!!

 

Por Liège Gautério – Educadora Física e TX unilateral de Pulmão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *