Você pode fazer a diferença!

Home » Doação de Órgãos » Como revolucionar os números de doação de sangue? – Por Patricia Fonseca

Como revolucionar os números de doação de sangue? – Por Patricia Fonseca

Estamos oficialmente no “Junho Vermelho”, mês de conscientização sobre a importância da doação de sangue. Mês para lembrarmos como um simples gesto pode ajudar a salvar vidas. Dia 14 de junho foi especificamente dia Mundial do Doador de Sangue. É muito comum em procedimentos complexos como um transplante bolsas de sangue serem utilizadas.

Mas o que podemos fazer além de falar sobre a doação de sangue para efetivamente aumentarmos os estoques de sangue? O que faz alguém doar sangue? E o que impede alguém de doar sangue?

Nosso comportamento é guiado em grande parte por duas características comportamentais: inércia e procrastinação. Inércia é o famoso “deixa como está” e procrastinação é o famoso “deixa para depois”. E o que isso significa na prática para a questão da doação de sangue? Bom, se fizermos uma pesquisa informal vamos descobrir que boa parte da nossa população aprova e apoia a doação de sangue e se perguntarmos em seguida quantas dessas pessoas efetivamente doaram sangue nos últimos 12 meses descobriremos que uma parcela muito pequena colocou na prática.

E porque isso acontece? Acontece porque nossa vida é corrida, temos milhões de coisas a fazer, nossa atenção é limitada e por mais que queiramos doar acabamos deixando para “semana que vem”, ou “mês que vem”, ou “semestre que vem”, porque temos o deadline do trabalho para pensar, a monografia para terminar, o jantar para preparar e assim por diante. Nosso cérebro simplesmente não dá conta de tudo.

Então como podemos ajudar os doadores a conseguirem efetivar seu desejo de doar e ajudar? Simples, temos que ir até eles. Temos que facilitar o ato da doação de sangue. Já pensaram em parcerias entre grandes empresas, bancos ou shoppings para  levar a doação de sangue ao local onde as pessoas estão? Imagine que você está no seu trabalho e fica sabendo que na sexta durante todo o dia quem quiser doar sangue pode doar ali mesmo, é só ir até a sala x.  Não seria bacana? Ou imagine que você está passeando no shopping e descubra que todo sábado haverá um stand de doação de sangue lá. Você pode aproveitar para doar no passeio do próximo fim de semana por exemplo! Vocês não acham que estratégias como essas aumentariam as chances, daquela pessoa que queria doar mas não achava tempo na agenda, de efetivar a doação?

Doar sangue é um gesto lindo, pensar que um pouco de nós pode salvar uma vida inteira é magnífico! Eu já fui salva por bolsas de sangue! Mas se queremos mesmo contribuir para o tema precisamos pensar diferente, precisamos olhar para as pessoas buscando entendê-las, e a partir disso implementar medidas inovadoras e criativas que facilitem e incentivem o ato da doação!

Vamos levar a doação para onde as pessoas estão? E assim vamos ajudar as pessoas a ajudarem outras!

Se você curtiu essa ideia compartilhe esse texto. E se você quer doar sangue segue abaixo link onde pode achar o Hemocentro mais próximo da sua casa! ; )

http://www.prosangue.sp.gov.br/hemocentros/Default.aspx

Essa é a nossa contribuição para o lindo mês do JUNHO VERMELHO!

Que não seja apenas Junho. Que seja sempre. E que seja vermelho de amor!

Vamos juntos fazer a diferença, porque juntos somos mais fortes!!

É Junho Vermelho! Contribua! = D

#junhovermelho #economiacomportamental #criatividade #comportamento #soudoador.org

Patricia Fonseca

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *