Sou Doador » Blog » À ESPERA DE DOIS CORAÇÕES – Por Paula Trottmann

À ESPERA DE DOIS CORAÇÕES – Por Paula Trottmann

O Rodrigo é transplantado de coração e, enquanto esteve na fila aguardando seu novo órgão, esperou por dois corações. Curioso, né? Mas a verdade é que isso é verdade somente no sentido figurado.

Bem, há uma frase muito bonita que diz: “Ter um filho é como carregar um coração fora do peito”. Ele recebeu a notícia que seria pai de Antony Gabriel, seu coração fora do peito, quando ele estava na fila para receber seu novo coração.

Rodrigo sofreu com Miocardiopatia Dilatada e Insuficiência Cardíaca, uma doença grave que, após uma internação difícil, com muitas intercorrências – incluindo uma parada cardiorrespiratória – ele recebeu a dura notícia de que precisaria de um novo coração. Um golpe, dos duros.

Sozinho em um leito de UTI, ele precisou encontrar forças para enfrentar essa sua nova realidade.

Algum tempo depois, a notícia de que seria pai rendeu-lhe um misto de sentimentos: alegria, amor e gratidão, mas também insegurança e medo frente a seu diagnóstico e todas as incertezas que uma fila de transplante desperta. Porém, Rodrigo relata que, na verdade, esperar por Anthony fortaleceu sua luta, sua força e sua vontade de viver.

E no terceiro mês de gestação de seu filho, ele recebeu seu primeiro coração! O sim de uma família lhe permitiu renascer e aguardar por seu filho, ainda no ventre. A doação de órgãos permitiu que ele se tornasse pai.

Alguns meses depois, chegou seu segundo coração, esse que vive fora do peito e que motiva e dá ainda mais sentido à sua nova vida. Ele relata que a chegada de seu filho amado apenas fez aumentar a sua força e o seu cuidado com sua saúde, já que, a partir de então, ele não vivia somente por si, mas também por seu filho.

“Pra mim, ter recebido este órgão foi a maior benção de Deus, pois não ganhei um coração pra cuidar, ganhei dois, pois tive a chance de estar aqui para ver meu filho crescer, criar, educar e amar”.

Rodrigo Borges, além de esposo e pai, é Técnico em Eletrônica e transplantado de coração.

soudoador #doacaodeorgaos #transplantedeorgaos #transplante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.