Você pode fazer a diferença!

Home » Histórias de Transplantados » FAMILIARES PRESENTES NO AMOR, NA DOAÇÃO E NA VIDA – Por Silvana Pra

FAMILIARES PRESENTES NO AMOR, NA DOAÇÃO E NA VIDA – Por Silvana Pra

Este ano, estou completando 25 anos de transplante Renal. Eu era criança quando perdi meus rins por uma Glomerulonefrite. Lembro-me que minha mãe chorava muito e eu sem entender nada. Foram muitas internações, não sabia direito o que estava acontecendo. Sou de Jaraguá do Sul (SC) e fui transferida para o Hospital São José de Joinville, minha mãe fez minha internação e voltou pra casa, fiquei ali sozinha chorando muito. Dois dias depois ela voltou e fomos pra casa, eu já havia passado por vários médicos e estava mais calma.

Fui crescendo e entendendo melhor a perda dos dois rins, continuei o tratamento conservador. O tempo foi passando e aos 19 anos eu conheci meu marido, namoramos 2 anos, casamos e meu tratamento prosseguia. Tive dois filhos lindos e perfeitos.

Cerca de 5 anos após meu casamento, tive uma piora no meu quadro clínico. Então, fui transferida para o Hospital das Clínicas da cidade de Curitiba. Chegando lá, o médico ficou assustando como eu ainda me sentia bem, pois estava com apenas 36kg. Ele disse que no máximo em dois anos seria necessário fazer um transplante, chorei muito.

O tempo passou, não completaram dois anos e fui internada. Foi necessário fazer Diálise Peritoneal, foram dias difíceis, sentia muita falta da minha casa e de meus filhos. Meu irmão estava com todos os exames prontos a fim de constatar se ele poderia doar um rim para mim. Ele era compatível comigo! Então, chegou o dia do transplante, ocorreu tudo bem. A partir daquele momento, graças ao ato de amor de meu irmão eu pude continuar minha vida com saúde.

Gostaria de alertar as famílias da importância da doação de órgãos, pois através desse ato muitas vidas podem ser salvas. Ainda hoje no Brasil, o número de familiares que não autorizam a doação é alto. Você pode ajudar a mudar esse cenário! Se você deseja ser um doador converse com sua família, pois somente ela poderá autorizar a doação de órgãos. Espalhe amor, Doe órgãos.

#transplantederim #rim #transplanterenal #doençarenal #glomerulonefrite #resiliencia #superação #transplantados #lutapelavida #transplante #doacaodeorgaos #doeorgaos #salvevidas #sejaumheroi #avisesuafamilia #SUS #sistemaunicodesaude #soudoador #soudoadororg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *