Você pode fazer a diferença!

Home » Histórias de Transplantados » PELA DOAÇÃO NASCE UM ATLETA TRANSPLANTADO – Por Aderson Carvalho

PELA DOAÇÃO NASCE UM ATLETA TRANSPLANTADO – Por Aderson Carvalho

no

Meu nome é Aderson Carvalho, sou atleta de alto rendimento e artista plástico. Tenho 45 anos e sou transplantado de rim há 3 anos. Em 2014, fui diagnosticado com insuficiência renal crônica devido à hipertensão, fui encaminhado para fazer hemodiálise três vezes por semana.

Morava em Palmas e fui transferido para cidade de Joinville, depois de um ano na fila, recebi a ligação que mudaria minha vida por completo. Realizei o transplante e, após 12 dias, tive alta. Com 21 dias, minha médica falou-me que devido ao ganho de peso rápido eu teria que praticar exercícios fisícos.

Então, comecei a fazer caminhada, com dois meses, comecei a trotar e aos poucos fui aumentando a intensidade da corrida.

Com 7 meses, participei da minha primeira corrida de rua percorrendo 5 km em 25min24s, consagrei-me campeão na categoria transplantado e 14º colocado na categoria por idade. A partir daí, despertou em mim o desejo de praticar atletismo, comecei a treinar mais forte e desde então conquistei várias medalhas: 1 de ouro e 4 de bronze nos Jogos Latino-americanos para Transplantados, 5 de ouro no Jogos Brasileiros para Transplantados e uma de bronze nos Jogos Mundiais para Transplantados em Newcastle, Inglaterra.

Eu era sedentário e praticava futebol raramente, hoje minha vida é totalmente diferente do que era antes do transplante, graças a um sim à doação de órgãos tudo isso é possível hoje!

#timebrasilatletastransplantados #atletatransplantado #doeorgãos #salvevidas #sejadoador #avisesuafamilia #1salva8 #transplanterenal #transplante #transplantados #irc #soudoador #soudoadororg #sus #sistemaunicodesaude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *