Sou Doador » Blog » O “SIM PARA DOAÇÃO” QUE MUDOU A HISTÓRIA DE MINHA FAMÍLIA – Por Paulo Roberto Alexandre

O “SIM PARA DOAÇÃO” QUE MUDOU A HISTÓRIA DE MINHA FAMÍLIA – Por Paulo Roberto Alexandre

Minha história começa após a perda de meu irmão. Ao retornar para o trabalho, meu chefe disse-me: “Paulo, quem sabe você vai até um hospital e realiza uma consulta para ver se essa doença não é hereditária!” Fui ao hospital, realizei exames e constatei que tinha um pequeno furo em minha válvula aórtica e seria necessário a realização de uma cirurgia para a colocação de uma válvula aórtica metálica! Realizei a troca de válvula e tive uma recuperação muito boa! Gostava muito de jogar futebol e praticava esportes aos finais de semana! Fui pai pela primeira vez!

Continuei levando uma vida normal, até que eu comecei a me sentir cansado, reter líquido e inchar as pernas. Retornei ao médico, e ele disse da necessidade da colocação de um marcapasso desfibrilador-ressincronizador! Durante os 4 anos em que fiquei com esse dispositivo, fui salvo de algumas arritmias fatais por ele.

Fui piorando e foi necessário o meu encaminhamento para o setor de transplante! Nesse momento, eu me preparava para ser pai pela segunda vez, minha esposa estava prestes a dar à luz a nossa filha!

Sempre tive ao meu lado uma pessoa muito especial, minha esposa. Sofreu, vibrou com o meu transplante e deu-me todo o apoio necessário para enfrentar tudo o que viria pela frente! Acompanhei toda gestação até o nascimento de nossa filha, eu quase não conseguia ficar em pé, não me alimentava e estava muito fraco!

Peguei minha filha nos braços e tive a certeza que continuaria podendo cuidar dela, mas percebia que muitas pessoas não acreditavam que eu viveria.

Entrei na fila de transplante, e os médicos foram categóricos: “Você tem poucos dias de vida!” (Nem eles mesmos acreditavam que eu iria sobreviver.) Seus pulmões estão necrosando, pois seu coração está aumentando de volume e os rins parando!

Entrei, em uma quarta-feira, na fila de transplante, e na outra quarta-feira de muita fé, aconteceu um milagre: uma família disse sim à doação de órgãos! E eu recebi um coração novo! Hoje completo 5 anos de transplante! Sou muito grato aos famíliares que disseram sim à doação de órgãos!

Gostaria muito que eles soubessem o bem que fizeram com um simples gesto, deram a oportunidade de minhas filhas terem o pai ao lado! Agradeço a Deus, ao meu doador, à família do doador, à equipe médica, a minha família e aos amigos que me ajudaram de todas as formas.

Doe órgãos! Esse gesto é de fundamental importância para a continuidade da vida!

soudoador #doeorgãos #salvevidas #simparadoação #simparavida #avisesuafamilia #tranplantecardiaco #transplantados #sus #sistemaunicodesaude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *