Sou Doador » Blog » O SIM QUE ME TORNOU HEROÍNA – Especial Dia das Mães – Por Samira Biscoff Pereira

O SIM QUE ME TORNOU HEROÍNA – Especial Dia das Mães – Por Samira Biscoff Pereira

Levava uma vida normal como qualquer adolescente, estudava, trabalhava, namorava e sempre fui muito saudável.

Comecei a ter muitas dores nas articulações, achamos que fosse em função de muita digitação do trabalho. Fui diagnosticada com Lúpus Eritematoso Sistêmico que causou uma lesão em meus rins. Foram necessários medicamentos muito fortes que poderiam me deixar estéril. Após o tratamento, vivi normalmente por sete anos.

Aos 24 anos, o Lúpus resolveu dar “as caras” novamente e veio com tudo. Surgiu a necessidade do transplante e minha mãe sem nem pensar resolveu me presentear com a vida pela segunda vez. Me doou seu rim! Fiz hemodiálise por alguns meses e, então, fiz meu primeiro transplante. Infelizmente acabei perdendo o rim em apenas dois anos. Fui “apresentada” para a diálise peritoneal.

Então, conheci o meu esposo. Desde o início do nosso namoro sempre fui muito sincera e logo contei sobre o Lúpus e sobre a possibilidade de ter ficado estéril com o tratamento. Contei também a respeito do transplante e a diálise que era algo visível, pois afinal de contas eu tinha um cateter no meu abdômen. Mesmo assim ele resolveu encarar a vida ao meu lado.

Os anos foram passando e enfim tinha chegado a minha vez, uma família disse SIM, não só para mim, mas para todos que conviviam comigo. Ao dizer SIM você não salva somente uma vida, você salva a vida de todos que amam a pessoa que está à espera de um órgão.

Transplantei e foi um sucesso! Eu estava nascendo pela terceira vez!

Transplantada e cheia de vida veio a vontade de aumentar a família. Para nossa surpresa eu poderia engravidar, mas logo de cara surgiu a ideia da adoção, pois sabíamos de todos os riscos de uma gestação na minha situação, tanto para mim quanto para o bebê.

E lá fomos nós para mais uma longa espera… Confesso que vale cada segundo, pois tudo vem no tempo certo. Fomos presenteados com uma linda princesa, a razão do meu viver. Maria Clara está com 4 anos, são os anos mais felizes da minha vida! Esses dias enquanto conversávamos ela me disse: Mamãe, você é a minha heroína!!!

Samira Biscoff é transplantada de rim e mãe da Maria Clara de 4 anos.

soudoador #soudoadororg #doeorgãos #salvevidas #sejadoador #avisesuafamilia #sejaumheroi #transplante #transplantados #doevida #saude #adote #doacaodeorgaos #doacaodeorgaosetecidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *