Sou Doador » Blog » MINHA HISTÓRIA COM A DOENÇA RENAL CRÔNICA – Por Vagner Soares

MINHA HISTÓRIA COM A DOENÇA RENAL CRÔNICA – Por Vagner Soares

Meu nome é Vagner Roberval Soares e tenho 55 anos. Há exatamente 20 anos, começou a minha saga com essa doença terrível e silenciosa.

Em 2001, fiquei sabendo que a minha pressão estava alta. Então, procurei um cardiologista, o qual me solicitou vários exames. Em um exame, ele identificou que eu estava perdendo sangue pela urina e me encaminhou a uma Nefrologista.

Essa nefrologista me solicitou outros exames primários. Após os resultados, ela pediu para fazer uma biópsia do rim. No dia da minha biópsia, 11-09-2001, aconteceram os Atentados nos EUA, inclusive eu assisti ao vivo a colisão. Nesse mesmo dia, encontrei a primeira-dama Ruth Cardoso no hospital. O resultado da biópsia confirmou uma doença chamada Glomerulopatia Membranosa, que leva à perda de muita proteína pela urina. A partir daí, comecei a me tratar com medicamentos e consultas médicas e outros profissionais de saúde.

Em 2013, fui parar na urgência de um hospital. Foi confirmada a necessidade de fazer hemodiálise! Recebi a notícia como se fosse uma bomba! Fiquei muito triste e depressivo, pois já sabia o que viria pela frente. Ainda no hospital, tive 3 infecções, embolia e tive que fazer uma transfusão de sangue.

Quando iniciei a hemodiálise, senti medo e preocupação. Para completar, tive que mudar de médico, pois a minha médica não fazia transplante. Fiquei por 5 anos e meio sem ser chamado uma única vez para uma possível transplante. Mas, em 2020, em apenas 7 meses, fui chamado três vezes. E numa quinta-feira Santa, Deus olhou para mim de novo, e deu tudo certo nos exames pré-operatórios!

Na Sexta-feira Santa chegou o grande milagre: fiz a cirurgia para o transplante de rim. Graças à família do doador que teve a dignidade de ajudar o próximo sem nem saber quem era. Por isso sou favorável a todos serem doadores, uma vez que podem salvar vidas!

doençarenal #doacaodeorgaos #soudoador #soudoadororg #transplanterenal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.