Sou Doador » Blog » A VIDA DE ALGUÉM PODE ESTAR DEPENDENDO DE VOCÊ– Por Kauê Klein

A VIDA DE ALGUÉM PODE ESTAR DEPENDENDO DE VOCÊ– Por Kauê Klein

Há alguns meses, quando cheguei em casa e contei para minha companheira Débora que eu tinha sido selecionado como um possível doador de medula, essa foi a reação dela: “…amor, tu pensas que a vida dela pode depender de ti? a única chance dessa pessoa poder viver?”

Com a emoção de alguém que já vivenciou tudo isso, como transplantada, ela sabia a importância daquele momento.

Infelizmente, os índices mostram que é muito difícil achar um doador compatível (um a cada cem mil) quando se precisa fazer um transplante de medula óssea.

E lá estava eu, recebendo uma ligação do Instituto do Câncer para atualizar meus dados e dizer que iriam realizar testes de compatibilidade entre o paciente receptor e eu.

Naquele momento, foi muito gratificante imaginar salvar outra pessoa, me tornar um doador em vida!

Tudo isso porque lá em 2017 me cadastrei no Registro de Doadores de Medula (REDOME), onde meus dados vão ficar disponíveis e a coleta de medula acontece apenas se o candidato for compatível com algum paciente no Brasil ou no exterior.

Aqui no país, o processo de transplante de órgãos e medula óssea é muito rigoroso e preza pela privacidade dos envolvidos. Por esse motivo, eu não recebi nenhuma informação sobre o receptor.

Só me falaram que todo procedimento de análise de compatibilidade poderia demorar algumas semanas e que eu seria contatado caso decidissem seguir com minha medula.

Depois de quase três meses liguei para tentar obter informações, contudo, só me falaram que talvez não teria dado certo ou que poderiam ter achado um doador mais compatível.

Tudo bem, mesmo com a grande expectativa, eu ainda estou feliz em quase ter me tornado um doador de medula óssea de fato.

Tenho certeza que, além de me cadastrar no REDOME, me declarar doador de órgãos para minha família, estou ajudando a diminuir a fila de espera por um transplante no Brasil.

Kauê Klein é triatleta, companheiro de Débora que é transplantada de rim. É doador de órgãos e está cadastrado no REDOME aguardando uma chance de um dia poder doar medula e salvar uma vida.

soudoador #doacaodeorgaos #transplantedeorgaos #transplante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.