Sou Doador » Blog » RENASCI ATRAVÉS DA MINHA IRMÃ – Por Edlaine Evangelista

RENASCI ATRAVÉS DA MINHA IRMÃ – Por Edlaine Evangelista

Quando comecei a sentir os primeiros sintomas em 2008, jamais poderia imaginar que algo grave estaria acontecendo. Não sabia reconhecer os sinais que o corpo estava me dando, afinal eu nunca havia ficado doente antes, pensava ser apenas algo passageiro.

A minha desinformação somada a diagnóstico errado quase ceifaram minha vida, eu não fazia ideia do que estava acontecendo, mas sabia que não era algo simples.

Numa sexta-feira comum como tantas outras, recebi finalmente a informação que mudaria minha vida, naquele dia fui literalmente jogada nesse mundo da doença renal. As incertezas deram lugar ao medo, ao pânico, aos choros…nunca tinha ouvido falar sobre hemodiálise e acreditava que as pessoas morriam na fila do transplante.

O começo foi assustador, não tinha nenhuma perspectiva de futuro, mas eu costumo dizer que a fé e o amor de muitos me salvou. Sempre tive o apoio e a oração de muita gente e, quando saiu a confirmação de que precisava de um transplante, a minha família se dispôs a doar.

Entre os doadores minha irmã mais velha foi a escolhida, 100% de compatibilidade. Que bênção!

Ainda assim tive muito medo, pois eu não suportaria a ideia de um dia minha irmã passar o mesmo que eu, porém os médicos me explicaram que a doação é totalmente segura e a cirurgia seria feita se não houvesse nenhum risco ao doador.

Sendo assim, no dia em julho de 2009, eu renasci através de minha irmã.

O maior ato de amor que alguém fez por mim e eu agradeço essa dádiva todos os dias. O transplante me devolveu a esperança e o desejo de ter planos novamente.

Eu desejo de coração que todos que esperam por um órgão tenham a oportunidade de receber essa bênção.

A doação renova sonhos! Doe órgãos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.