Sou Doador » Blog » PELA DISPONIBILIZAÇÃO DO BUSSULFANO – Por Miriam Haidamus

PELA DISPONIBILIZAÇÃO DO BUSSULFANO – Por Miriam Haidamus

Em 2015, fui diagnosticada com Leucemia Mieloide Aguda e a minha chance de cura estava no transplante de medula óssea. Em novembro de 2016, por um ato de amor, meu doador presenteou-me com mais uma oportunidade de viver.

Quando essa oportunidade está no transplante de medula óssea e o doador compatível é encontrado, o coração enche-se de esperança. Não só o coração do paciente, mas de todos aqueles que de alguma forma estão próximos a ele. Cada um é tocado e envolvido em uma corrente de amor, de força e de união que transcende o individual e conduz a um sentimento de solidariedade e amor ao próximo.

O Bussulfano é um medicamento essencial para o sucesso do transplante, pois prepara o organismo do paciente para receber as células saudáveis da medula do doador. O único laboratório autorizado pela ANVISA a comercializar o produto anunciou que não vai mais distribuí-lo no Brasil. Apesar do laboratório assegurar que o estoque atual atende aos pacientes até junho de 2021, destacou que está trabalhando, inclusive com a ANVISA, para que o medicamento continue disponível após essa data. Precisamos nos unir e mostrar a importância do medicamento aos que esperam por um transplante de medula óssea.

A jornalista e transplantada de medula óssea Duda Riedel criou um abaixo assinado para que os envolvidos apresentem uma solução. O link é:

https://secure.avaaz.org/community_petitions/po/anvisa_pelo_impedimento_da_descontinuacao_do_bussulfano/

Por que participar de um abaixo-assinado para que não falte esse medicamento aos pacientes que precisam de um transplante de medula óssea? Por empatia, compaixão, porque temos a capacidade de ver pelos olhos do outro e nos identificarmos com o que ele está sentindo.

Assine e compartilhe o link. Junte-se a nós nessa luta pela vida!

bussulfano #transplantedemedula #assine #ajude #divulgue #sus #doacaodemedulaossea

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *