Sou Doador » Blog » ISSO NÃO É APENAS UMA SELFIE, É UM SONHO REALIZADO – Por Paula Trottmann

ISSO NÃO É APENAS UMA SELFIE, É UM SONHO REALIZADO – Por Paula Trottmann

Essa não é somente mais uma selfie. Essa sou eu, com meus 34 anos, transplantada de fígado. Pouco depois do meu transplante, perdi quase todo o meu cabelo e sofri muito por isso. Não é fácil para uma mulher ver seu cabelo que já não era tão volumoso diminuir para menos da metade em poucas semanas, aliás, não é fácil para ninguém, independente do gênero.

Essa foto aí, embora pareça uma simples selfie, para mim é um sonho realizado. E eu te conto por quê! Bem, todos temos sonhos. Aqueles sonhos bem grandes que parecem distantes de nossa realidade, que independem de nós, e que continuamos a sonhar (que bom!), e aqueles sonhos mais tangíveis, pelos quais podemos fazer algo concretamente, batalhar por eles ou esperar que se realizem.

Comigo não é diferente. Tenho meus grandes sonhos que ainda não se realizaram, tenho sonhos que consegui concretizar trabalhando – em muitos aspectos, não só profissionais – e tive (e tenho ainda) sonhos que sei que independem de mim, mas espero com alegria e fé que serão realizados.

E quando eu perdi quase todo meu cabelo, eu via muitas meninas e mulheres usarem esse penteado, de amarrar a franja para cima, como um topete. Aliás, parece que o mundo todo usava o cabelo assim – inclusive muitos homens – e só eu que não. Eu tinha o sonho de arrumar o meu cabelo assim também.

E por mais que no início tenha sido difícil, que eu tenha relutado em aceitar que esse sonho fugia ao meu controle, aos poucos eu decidi esperar… e não apenas esperar, mas esperar com alegria. Celebrar cada centímetro de cabelo crescido. Acreditar que a cada dia, a cada semana e a cada mês eu estava mais perto de realizá-lo. E como eu tomei essa (nada fácil) decisão a minha espera foi mais leve e, quando eu me dei conta, meu sonho foi realizado.

A doação de órgãos faz também isso por nós: ver beleza, ver alegria, ver sonho realizado onde, muitas vezes, só havia espaço para (auto) crítica, para desânimo. Doação de órgãos é vida, é amor!

Paula Trottmann é transplantada de fígado e mãe de gêmeos.

doacaodeorgaos #soudoador #soudoadororg #transplante #digasim #sejadoador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.