Sou Doador » Blog » O FÍGADO DA MINHA TITIA SALVOU MINHA VIDA – Por Maria Helena

O FÍGADO DA MINHA TITIA SALVOU MINHA VIDA – Por Maria Helena

Em 2020, apareceu um caroço na minha barriguinha, e meus pais correram comigo para o hospital, lá foram feitos exames de imagem e sangue, e fui diagnosticada com um tipo de câncer no fígado chamado Hepatoblastoma.

Foi um choque, meus pais ficaram devastados. Iniciei as quimioterapias, mas infelizmente não obtive os resultados esperados, e minha única saída seria o transplante de fígado, pois o tumor era muito grande e impossibilitava a realização de uma cirurgia de remoção.

Saímos de Brasília e fomos para São Paulo para realização do transplante. De início, meus pai seriam meus doadores, porém um exame acabou mostrando que por um detalhe ele não poderia doar o fígado para mim. Minha mãe também não pôde ser a doadora, pois estava tomando anticoncepcional e seria um risco muito grande para mim.

Graças a Deus, minha titia Jessica, irmã da minha mãe, se ofereceu para ser a doadora. Ela saiu de Brasília e foi nos encontrar em São Paulo, fez os exames e deu tudo certo.

Foi realizado o transplante sem intercorrências, peguei 30% do fígado da minha titia, e graças a isso, hoje estou feliz, linda e saudável.

Maria Helena tem 2 aninhos e é transplantada de fígado há 11 meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.